Tontura

 O que é tontura ?

– Quais as causas de tontura ?

– Como posso tratar minha tontura ?

– E mais…  

sensação de tontura é bastante desconfortável e pode acontecer por diversos fatores, tais como ciruculação de sangue diminuída na região do labirinto, traumatismo, infeccão, alergias, tumores, doenças neurológicas e inflamações no labirinto, as labirintites.

A tontura na grande maioria das vezes é tratável, porém exige esforço conjunto do médico e do paciente para que o tratamento seja o mais eficaz possível. Um dos pontos mais importantes é a determinação da possível causa da tontura, para que o tratamento seja o mais direcionado possível.

O que é tontura ?

A tontura pode ser descrita de várias formas: tais como sensação de leveza, sensação de rotação, visão enturvecida ou escurecida, dentre outras. Vertigem é um tipo de tontura ocasionada por uma ilusão de movimento de você mesmo ou do ambiente e é geralmente bastante desagradável.

Algumas pessoas têm um limiar para tontura muito baixo, ou seja, ficam tontas quando viajam de carro, avião, montanha-russa e em navios. Tonturas e vertigens todas se relacionam com o equilíbrio e nosso senso de balanço ou equilíbrio é mantido por uma complexa interação de algumas partes de nosso corpo.

– O ouvido interno contém o labirinto, um conjunto de canais cheios com líquido que monitoram a direção dos movimentos.

– Os olhos, que monitoram a nossa posição com relação ao espaço e também a direção dos movimentos.

– Receptores de pressão nas articulações e coluna vertebral também enviam mensagens ao cérebro falando qual nossa posição, ou seja, que parte do corpo está em contato com o chão.

– Receptores nos músculos e articulações também falam quais as partes de nosso corpo que está se movendo.

– O sistema nervoso central (cérebro e coluna vertebral) processa todas estas informações dos labirintos, olhos, músculos, articulações e coluna vertebral.

A tontura ou a sensação de vertigem acontece quando há alterações no sistema nervoso central ou quando o cérebro recebe informações conflitantes de alguns dos outros sistemas.

O que pode causar tonturas ?

Circulação: se o seu labirinto e cérebro não recebem suprimento sanguineo adequado, há a possibilidade da sensação da tontura. Quase todas as pessoas já tiveram a oportunidade de experimentar isto quando levantam rapidamente de uma posição deitada. Na grande maioria das pessoas, a tontura é uma sensação transitória, entretanto há pessoas que têm frequentemente estas tonturas. Isto pode ser causado por arteriosclerose, ou o acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguineos é acontece com mais frequência em pacientes com histórico de hipertensão arterial, diabetes, colesterol e triglicérides aumentados. Também pode ser encontrada em pacientes com insuficiência cardíaca, anemia ou hipoglicemia.

Algumas medicações também diminuem o fluxo sanguineo para o cérebro, especialmente estimulantes tais como nicotina e cafeína. O excesso de sal também leva à diminuição da circulação sanguinea do cérebro. Entretanto às vezes também o fluxo sanguíneo é diminuído por espamos (contrações) em algumas artérias do cérebro causadas por estresse e altarações emocionais, tais como ansiedade e tensão.

Se o ouvido interno não recebe suprimento sanguineo adequado, uma causa mais específica de tontura acontece. O ouvido interno é bastante sensível para pequenas alterações do fluxo sanguineo cerebral.

Outras causas de tontura são: vertigem paroxística posicional benigna (VPPB  que é causada por alterações bruscas de movimento), labirintite, doença de Menière (nestes casos a tontura pode vir associada a zumbidos e diminuição da audição ou audição flutuante). Algumas enxaquecas também podem causar tonturas.

Trauma: fraturas no crânio que danificam o ouvido interno podem produzir tontura severa e incapacitante, além de náuseas, vômitos e perda auditiva. Nestes casos de traumas, a tontura pode permanecer por semanas, até melhorar lentamente, quando o lado não afetado acabar compensando o lado danificado.

Infecção: alguns vírus podem atacar o ouvido interno e as conexões com o cérebro. Isto pode causar vertigem severa, porém a audição é geralmente poupada. Entretanto infecções bacterianas tais como otomastoidites que se extendem para o ouvido interno podem completamente destruir as funções da audição e equilíbrio.

Alergias: algumas pessoas têm tonturas quando são expostas à alimentos ou partículas tais como poeira, fungos, pólens, etc.

Doenças neurológicas: várias doenças neurológicas podem afetar o controle do equilíbrio, tais como esclerose múltipla, sífilis (quando apresenta componente neurológico), tumores, etc. Estas são causas raras e incomuns de tonturas e seu médico irá pensar nelas durante o exame.

Quando você deve procurar um médico ?

Em todos os casos de tonturas que incomodam, é necessária uma avaliação adequada de otorrinolaringologista.

Entretanto, lique 192 imediatamente ou dirija-se à uma emergência se sofrer um trauma na cabeça na região dos ouvidos, infecção de ouvido com febre maior que 40º. C, dor de cabeça de forte intensidade com náuseas vômitos em jato, enrijecimento de pescoço e convulsões.

Dicas para preveção das tonturas:

– Evite mudanças bruscas de movimento.

– Evite movimentos rápidos com a cabeça (especialmente girar e balançar).

– Diminua ou eliminte produtos e substâncias que podem prejudicar a circulação cerebral, tais como cigarro (tabaco), cafeína (café, chocolate, Coca-Cola, Pepsi, chá preto, etc) e sal.

– Seja menos estressado(a), ansioso(a) e tenso(a).

– Beba água para boa hidratação do corpo.

– Trate possíveis infecções do ouvido, gripes, resfriados, sinusites e outras infecções respiratórias.

Se você apresentar tonturas:

– Não leia enquanto viajando de carro, ônibus ou trem.

– Não sente olhando para trás.

– Não olhe ou fale com alguém também sentindo tontura naquele momento.

– Evite alimentos gordurosos e com cheiro ou temperos muito fortes.

– Visite médico otorrinolaringologista para avaliação e possível tratamento.

Lembre-se: a maioria dos casos de tonturas é leve e com duração limitada. Entretanto há casos severos e até mesmo progressivos que necessitam de avaliação médica adequada. Nestes casos exames podem ser solicitados para uma melhor elucidação do quadro.

Agende a sua Consulta

Faça agora mesmo seu Agendamento, envie uma mensagem para nós através do formulário e vamos retornar para você com a confirmação do seu agendamento!

WhatsApp chat Fale Comigo